Centro Vocacional Tecnológico da rede Faetec construído em local para depósito de carros em Campo Grande, Zona Oeste do Rio

Uma unidade do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) foi construída no meio do terreno usado pela Polícia Civil para guardar carros apreendidos, na Rua Rodrigues Campelo, 33, localidade de Moinho, em Campo Grande. Sem data ainda para sua conclusão, o prédio divide espaço com dezenas de carcaças de automóveis. A situação inusitada foi denunciada pelos vereadores Edson Zanata(PT) e Rogério Rocal (sem partido), que vistoriaram no local no último dia 10.

  “Me surpreendi quando vi o prédio no meio daquele mar de carros empilhados, verdadeiro criadouro para mosquitos transmissores da dengue. Junto com o vereador Rocal, encaminhei requerimento de informações ao Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, para saber quando o espaço será inaugurado, qual empresa executou as obras, o valor desta e quantos alunos irá atender”, afirmou o vereador Edson Zanata.

 Zanata salientou que há veículos que não são muito antigos e todos poderiam ser leiloados, revertendo em verba para o governo do Estado, que passa por dificuldades financeiras. Na mesma manhã, os parlamentares visitaram a obra da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), na Avenida Cesário de Mello, 4138, em Campo Grande. Atualmente, mulheres que queiram fazer denúncia de maus-tratos e outros crimes, precisam se deslocar até a Estrada do Piaí, em Pedra de Guaratiba.

“O transtorno é dobrado porque a pessoa, além de sofrer uma violência, ainda precisa ir a um local distante. Muitas acabam desistindo”, recordou Zanata, comissário de Polícia que lidou com casos desse tipo em várias delegacias onde atuou.

Abaixo o link do google drive com fotos do CVT – Crédito: Renan Domingos.

 

 

 

https://drive.google.com/folderview?id=0B6auHB6PUKyxLVRMQmNoV3JmSjA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *