Riotur, ABIH-RJ e Rio CVB apresentam ações integradas para promover o destino do Rio

COLETIVA 2 RIOTUR ABIH E OUTROS 18 JAN 2017

                      Foto: Divulgação

 

Medidas de segurança em parceria com SEOP, DEAT e Guarda Municipal estão entre as ações em andamento

Colaboração, parceria e trabalho. Foram com base nestas três palavras que os representantes da Riotur, Associação de Hotéis do estado do Rio (ABIH-RJ), Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB), SEOP, DEAT e Guarda Municipal apresentaram à imprensa, nesta quarta-feira (18), no Pestana Rio Atlântica Hotel, as ações previstas para fortalecer a economia do turismo na cidade do Rio de Janeiro. Entre as prioridades, estão a criação de um calendário de eventos, a promoção do destino Rio no mercado nacional e nos principais destinos emissores da América do Sul e o reforço na estrutura de segurança, que já está em operação desde o último fim de semana.

Abrindo a entrevista-coletiva, Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ e do Rio CVB, expôs o cenário atual da hotelaria carioca, que investiu em 20 mil novos quartos por conta das Olimpíadas. O empresário reforçou a importância de fortalecer a captação de eventos e a promoção turística da cidade com o objetivo de equilibrar a taxa de ocupação dos hotéis locais, mesmo durante a baixa temporada.

“Vivemos um momento único como cidade-sede do maior evento esportivo do planeta. Após receber uma Olímpiada, é natural de que haja um esvaziamento de turistas na cidade, a chamada ressaca olímpica. Para manter o fluxo de visitantes, é necessário estabelecer um calendário de eventos robusto e investir no trabalho integrado de promoção do destino com todos os órgãos envolvidos no segmento turístico”.

O novo presidente da Riotur, Marcelo Alves, que foi apresentado oficialmente nesta manhã aos principais gerentes-gerais da hotelaria carioca, falou da necessidade de divulgar o Rio para brasileiros e estrangeiros, e ressaltou a atenção que os turistas que visitam o Rio de Janeiro merecem.

“O Rio precisa ser visto como o protagonista dentro do cenário turístico mundial. Turismo é a nossa vocação. Precisamos trabalhar para transformar o Rio na cidade mais visitada do mundo. Devemos lembrar, também, que o turismo gera divisas e investir neste setor é investir na recuperação da nossa economia ”.

Ainda, de acordo com o presidente da Riotur, as parceiras público-privadas serão essenciais para a nova gestão. “O Rio vem sendo a aposta de grandes marcas que utilizam o nosso cenário para se promover. Devemos ser emblemáticos e nos tornar referência, não apenas no turismo, mas em outros segmentos como moda, gastronomia, música, entre outros”.

Para comentar sobre a estrutura de segurança, a entrevista-coletiva contou com a presença do secretário de Ordem Pública do Rio de Janeiro, coronel Paulo César Amêndola, da delegada titular da DEAT, dra. Valéria de Aragão Sádio, e da comandante da Guarda Municipal do Rio de Janeiro, Tatiana Mendes.

Apesar de estar a pouco tempo na pasta, a delegada Valéria de Aragão Sádio reconheceu a importância das ações realizadas pelo trade turístico carioca e a parceria com as esferas de segurança. “Iremos reeditar e distribuir a Cartilha de Orientações ao Turista, criada pela ABIH-RJ, em 2004. O material é extremamente importante para fortalecer o trabalho preventivo e a segurança turística integrada”.

O atual secretário de Ordem Pública, Cel. Paulo César Amêndola, enfatizou a relevância de uma comunicação única com todos os órgãos que cuidam do bem-estar dos visitantes, do monitoramento e do trabalho efetivo nas principais áreas turísticas do Rio de Janeiro.

“Vamos reforçar, em parceria com a DEAT e Guarda Municipal, a atuação em áreas como a Zona Sul e o Centro. Além disso, estabelecemos uma única rádio frequência para intensificar a nossa comunicação. Vamos, também, mapear e unificar, no Centro de Operações, as imagens de câmeras de segurança públicas e privadas para o controle da criminalidade”. 

 

Lançamento do livro “Empreendedoras de Alta Performance”, na Livraria da Travessa do BarraShopping!

Nesta quinta-feira, 19 de janeiro de 2017, lançamento do livro “Empreendedoras de Alta Performance”, a partir das 19h, na Livraria da Travessa, no BarraShopping. A obra literária é da Editora Leader, e conta com a participação da Assessora de Imprensa Kelly Beltrão, uma das coautoras da obra.

A Livraria da Travessa do BarraShopping fica na Avenida das Américas, 4.666 – Barra da Tijuca-RJ

CONVITE LANÇAMENTO LIVRO EMPREENDEDORAS

Barra da Tijuca se consolida como o segundo maior Réveillon do Rio

FOTO REVEILLON 2017 CRÉDITO

                            Foto: Fernando Maia / Riotur

 

Com onze pontos de queima de fogos, festa foi a maior da história do bairro

 

Cariocas e turistas este ano contaram com uma opção alternativa à altura da tradicionalíssima queima de fogos de Copacabana. Com o apoio da Riotur, Associação de Hotéis do Estado do Rio e Rio Convention & Visitors Bureau, a Barra da Tijuca ganhou um verdadeiro espetáculo pirotécnico na virada do ano, que iluminou o céu da Barra às Vargens. Este, que já é considerado o maior Réveillon da história do bairro, foi também o segundo maior da capital carioca.

Além do Quebra-mar e dos shoppings Village Mall e Barra World, os hotéis Windsor Barra, Sheraton Barra, Brisa Barra, Grand Hyatt Barra, Ramada Recreio, Hilton Barra e Courtyard Marriott foram pontos de queima de fogos.  O Grand Mercure Riocentro também realizou a atração. Foram mais de cinco toneladas de fogos, de 03 a 12 minutos. O espetáculo piro musical contou com 34 tipos diferentes de efeitos e cores, assinado pela empresa Lanza Show e Fogos.

Os hotéis da região também foram protagonistas nesta festa e reuniram a maior concentração de shows em uma só noite. Entre os destaques da programação estava o Windsor Barra, pioneiro na queima de fogos do bairro, com a festa temática “Safári” e show da Banda Anjos da Noite. No Hilton, Leo Jaime subiu ao palco como a grande atração da virada. A festa de Réveillon do Sheraton Barra trouxe o DJ Michael Muller e Alegria Mattus & Banda. Já o primeiro Réveillon do Grand Hyatt colocou todo mundo para dançar ao som do Monobloco.

A programação foi uma motivação para os turistas, que garantiram um ótimo movimento para os hotéis da região. A ocupação média da hotelaria no bairro chegou a 79%, superando a média geral da cidade (78%). Nos cinco estrelas, o índice de ocupação chegou a 87%.

Para o empresário Alfredo Lopes, presidente da Associação de Hotéis do Estado do Rio, o bairro se posicionou como novo polo hoteleiro carioca e, como anfitrião das Olimpíadas, mostrou que é um destino turístico completo. “A Barra entrou definitivamente no roteiro de quem visita o Rio. Este novo momento foi celebrado com um Réveillon memorável, que já o segundo maior Réveillon do Rio. E a data não poderia ser mais oportuna, pois quem visita a região pode desfrutar o verão carioca no bar caribenho das praias da região”, comemorou.