1º Encontro dos Empresários e Atletas da Barra da Tijuca e Recreio com Rommel Cardozo 7070

LOGO PARA CONVITE ENCONTRO 30 AGOSTO

 

Neste sábado, 30 de agosto, acontece o 1º Encontro dos Empresários e Atletas da Barra e Recreio com Rommel Cardozo 7070, das 9h às 12h, no Comitê de campanha do candidato a Deputado Federal Rommel Cardozo 7070, que visa reunir o maior número de empresários e atletas da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes, para um café da manhã com o candidato Rommel Cardozo para trocar ideias , agregar valores com o objetivo de fortalecer sua divulgação, propostas e mobilização, proporcionando mais visibilidade da campanha Rommel Cardozo 7070.

O Comitê Rommel Cardozo 7070 fica na Rua Maria Luísa Pitanga, 45 – Largo da Barra / Barra da Tijuca (ao lado da 16ª DP) – Telefone: (21) 3825-5644

 

 

 

 

Circuito Musical No Drugs – Essa é a minha onda!

NO DRUGS

Neste sábado, 30 de agosto, será inaugurado o Projeto Circuito Musical No Drugs – Essa é a minha onda!, das 16h às 19h, na Praça Central do Shopping Città America , na Barra da Tijuca, com entrada franca. O evento é uma iniciativa do ex-jogador de vôlei e medalhista olímpico,Fernando Róscio de Ávila, o Fernandão, que desenvolveu e organizou este Projeto Cultural , que conta com o apoio institucional da Comissão de Políticas sobre Drogas da OAB / Barra da Tijuca, e visa conscientizar pais , alunos e diretores das escolas sobre a importância de se discutir o problema das drogas, usando uma abordagem diferenciada.

Na programação: Palestras sobre a Prevenção contra o uso de drogas, que serão ministradas por, Dr. Jorge Jaber,  médico psiquiatra e presidente da Associação Brasileira de Alcoolismo e Drogas, Martha Rocha, ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, e Dr. Wanderley Rebello Filho, Advogado Criminalista e Presidente da Comissão de Políticas sobre Drogas da OAB / Barra da Tijuca , além de um show musical , que será mensal  e com duração de 3 horas. Cada escola terá um total máximo de três apresentações.  Nesta edição a apresentação será das 16h às 19h, com uma banda formada por alunos do Colégio Veiga de Almeida, e o tema escolhido é “História do Rock”

O Shopping Città America fica na Avenida das Américas, 700 – Barra da Tijuca / RJ.

 

 

 

Inauguração da OAB/Búzios: a 61ª Subseção do Estado do Rio de Janeiro

FOTO DIVULGAÇAO OAB BÚZIOS COM DR. CESAR E DR. WANDERLEY

Foi inaugurada, na última sexta-feira dia 01 de agosto, a 61ª Subseção da OAB/RJ, a Subseção de Armação dos Búzios. Sob a Presidência do advogado César Augusto Spezin Kühner de Oliveira, a Subseção terá como principais ações a defesa das prerrogativas dos advogados buzianos e a defesa do meio ambiente local, este bastante agredido e degradado. O advogado criminalista Wanderley Rebello Filho, que é Conselheiro da OAB/RJ, será o Presidente da Comissão de Direito Ambiental. Este, em discurso durante a referida inauguração e na presença do Prefeito André Granado, prometeu lutar contra o abandono dos animais, contra a invasão das encostas, contra a poluição dos rios e do mar, e contra o desmatamento, e acusou a Prefeitura de omissão.

 

Rommel Cardozo é 7070 para Deputado Federal em 2014

LOGO 3 ROMMEL

PERFIL:

Carioca, nascido e criado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, Rommel Cardozo, 49 anos, é um desportista nato e um lutador em todos os sentidos. Como atleta nas Artes Marciais, campeão Pan-Americano de Muay Thai, faixa preta de Jiu-jitsu,  capoeirista, empresário, e criador do movimento O Rio pela Paz, que neste ano de 2014 completa 10 anos de ações comunitárias e humanitárias, lideradas por Rommel Cardozo, que segue a filosofia de mobilização, para ajudar sempre, e fazer a diferença na vida das pessoas.
Empresário na área de Gastronomia, Rommel está à frente do Bar do Oswaldo, “o Rei das Batidas”,uma herança do seu pai, Oswaldo Cardozo, que foi um dos desbravadores e precursores da região da Barra da Tijuca, onde era conhecido como “seu” Oswaldo, que na época trabalhava como Segurança do Presidente Getúlio Vargas, e por conta da sua amizade com o então Presidente, conseguiu levar luz, água e o primeiro telefone para o bairro, deixando com certeza um legado, uma história de vida, tendo como cenário a Barra da Tijuca, que logo tornou-se um local promissor.

A história de Rommel Cardozo se mistura com a história de seu pai, de quem herdou o espírito de liderança e o gosto pela política, por meio das causas justas.  Já de pequeno, Rommel ia para o Bar no colo do senhor Oswaldo, e cresceu aprendendo com o pai o ofício de misturar as tão famosas batidas. Aos 15 anos Rommel começou a trabalhar na faxina do Bar e, seguindo os passos do pai, que era exímio capoeirista, também se iniciou na Capoeira. Aos 18 anos, Rommel assumiu o caixa do Bar do Oswaldo e, desde então, a administração do negócio.

O Bar do Oswaldo data de meados de 1946, e hoje, 68 anos depois, ainda mantém o sucesso de ser um “point” na Barra da Tijuca , e a qualidade das suas tradicionais e lendárias batidas que fidelizaram os antigos clientes e, que, ao longo dos anos, continuam atraindo nova clientela. Exemplo disso, foram os recentes prêmio que o Bar do Oswaldo ganhou na concorrida eleição promovida anualmente pelo Jornal O Globo. No ano de 2013 contemplado com a medalha de ouro na categoria Melhor Bar/ Botequim da Barra da Tijuca, e em 2014, na mesma categoria com a medalha de prata.

NA POLÍTICA:

Nesta eleição de 2014, Rommel Cardozo vem, pela segunda vez, candidato a Deputado Federal pelo partido PT do B. Em sua primeira campanha, em 2010, obteve 2820 votos com louvor. O candidato tem como plataforma política, além dos pilares de sustentação da sociedade, que são a SAÚDE, SEGURANÇA e EDUCAÇÃO, propostas voltadas para a criação de leis coerentes, com regras claras, incluindo o MEIO AMBIENTE, e a redução de cargas tributárias do empresariado, classe geradora de empregos para a população.

 

AS ATRIBUIÇÕES DO DEPUTADO FEDERAL:

O Deputado Federal é o representante do povo no Congresso Nacional e seu mandato de 4 anos, não havendo limite para a reeleição. De acordo com a Constituição Federal, art. 45, e com a Lei Complementar nº 78, de 1993, o número de deputados por Estado e pelo Distrito Federal é proporcional à população. Atualmente, cada unidade da Federação pode eleger de 8 (mínimo) a 70 (máximo) deputados. Esse número é calculado com base na atualização estatística demográfica das unidades da Federação fornecida pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano anterior às eleições. Além do número mínimo de representantes, a lei determina que cada Território Federal será representado por quatro Deputados Federais. A principal função desse cargo é a elaboração de leis.

Conforme a Constituição da República Federativa do Brasil, outras importantes atribuições dos deputados federais são:

– Elaborar seu regimento interno;

– Fiscalizar os atos do Poder Executivo;

– Autorizar, por dois terços de seus membros, a instauração de processo contra o Presidente e o Vice-Presidente da República e os Ministros de Estado;

– Proceder à tomada de contas do Presidente da República, quando não apresentadas ao Congresso Nacional dentro de sessenta dias após a abertura da sessão legislativa;

– Eleger membros do Conselho da República, nos termos do art. 89, VII.


PROJETOS QUE ROMMEL CARDOZO ESTÁ ENVOLVIDO ATIVAMENTE:



Projeto da ilha da Gigóia (com Eduardo “Tico”)
Projeto Tropa Thai na Tijuquinha (com Eduardo Pachu) Muay Thai
Projeto Faixa Preta de Jesus Nova Iguaçu (Com Ricardo) Jiu-Jitsu

“Para Triunfo do Mal Basta Apenas O Bem Cruzar os Braços!”

Dr. Wanderley Rebello Filho assume a Comissão de Direito Ambiental da Subseção OAB/Búzios

 

Na noite desta sexta-feira, 1 de agosto de 2014, inauguração da  Subseção  OAB/Búzios , que será presidida por Dr. César Augusto Spezin Kuhner, e terá Dr. Wanderley Rebello Filho como Presidente da Comissão de Direito Ambiental. Para comemorar a data, um artigo especial do Dr. Wanderley Filho sobre Búzios.

Wanderley  6

A  LÍNGUA NEGRA DE BÚZIOS

            Buzianos: já pedi uma vez, vou repetir: acordem! Não sou morador daí, mas sou um apaixonado por esta Cidade. Estou sempre por aí, todos os meses invariavelmente. Estive em Búzios pela primeira vez em 1972, quando eu tinha 15 ou 16 anos. Búzios pertencia a Cabo Frio. Eu entrava na praia de Geribá por trilhas no meio do mato. Era absolutamente linda! Não havia, ainda, uma mansão sequer na beira da praia! Tenho uma fotografia de 1972 com mais quatro amigos, todos adolescentes, com as pranchas de surf atrás de nós, e com a ponta direita da praia aparecendo. Recentemente eu mandei refazer a fotografia que era bastante antiga, por puro saudosismo.

           Já estou ficando velho, e mais ainda estou ficando cansado de tanto berrar. Recentemente vi fotografias da Praia de Geribá com línguas negras nos cantos esquerdo e direito. Cadê o poder público municipal que não acaba com esta poluição que produz cenários tão tristes, e cadê o povo que não faz movimentos e berra contra tanta sujeira e covardia? Búzios e suas praias não são só do poder público não, nem só dos ricos donos das casas que também invadem as areias das praias e as áreas de restinga. Búzios e suas praias são do povo também, e este povo tem o dever, por lei especial e pela Constituição Federal, de defender e de preservar o meio ambiente!

            As “línguas negras” estão há muito tempo em Geribá, e todos sabemos que grande parte deste esgoto vem dos grandes e ricos condomínios, mas parece que o poder público municipal ainda “não quis atentar para isto”, nem começou a se ocupar efetivamente disto; e parece que os ricos não estão dando a mínima para isto! Parece! Parece! Posso estar errado! Eu, agora como Presidente da Comissão de Direito Ambiental da nova OAB / ARMAÇÃO DOS BÚZIOS, vou fazer um trabalho sério sobre as praias de Búzios em particular, e sobre o meio ambiente em geral. Quase todas as praias estão poluídas e muito, e até Geribá, salvo engano, já tem mais de 1.000 coliformes por 100 ml de amostra. A “Praia do Canto” e a “Praia da Armação” já estão consideradas IMPRÓPRIAS há muito tempo, com mais de 1.000 coliformes por 100 ml de amostra, e com a presença de moluscos e algas, e de óleos e de graxa. Lamentável! É possível reverter? É óbvio que é, mas depende de vontade política e do “berro” incessante do povo buziano. E cadê as ONGS’s? A “Praia dos Ossos” já sofre com poluição de mais de 500 coliformes por 100 ml de amostra. Estas informações são relativamente recentes, mas a situação já pode ter piorado!

        Autoridades, se preparem! Vou pegar nos pés de vocês! Mas, não quero ser carrasco, quero ser parceiro! A Comissão de Direito Ambiental da OAB/Búzios chega para ajudar. Não sou buziano mas sou cidadão brasileiro. Vou fazer de tudo para que esta vítima inocente de tudo isto, o meio ambiente de Búzios, deixe de ser agredida tão violentamente como tem sido. Queremos invadir Búzios como uma Tsunami do bem, levando milhões de litros de idéias e trazendo arrasadores resultados positivos. Para as autoridades que recentemente se instalaram em Búzios, às quais desejo toda a sorte do mundo, peço que o caminho agora não seja mais de uma economia perversa, de uma política de trapalhadas, de um social de tragédias, e de um meio ambiente violentado e desprezado. Saibam, como nos ensinou Chico Xavier, que “embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”.  Mãos à obra!

 

Wanderley Rebello Filho é Advogado Criminalista, Conselheiro da OAB/RJ, Presidente das Comissões de Políticas Sobre Drogas da OAB/RJ e OAB/Barra da Tijuca, e da Comissão de Direito Ambiental da OAB/Armação dos Búzios. É Vice-Presidente da Comissão de Direito da Criança e do Adolescente da OAB/RJ , membro do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), e Presidente da Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Internacional de Voleibol. É Presidente da Sociedade Brasileira de Vitimologia.